Enem digital será aplicado pela primeira vez

Estimativa é que até 2026 todas as provas sejam feitas via computador

Pela primeira vez, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) vai ter uma versão digital. A novidade será aplicada para 96 mil candidatos de 95 municípios, uma pequena parte dos mais de 5,8 milhões de inscritos nas provas deste ano.

As provas serão realizadas em laboratórios de informática de escolas e universidades, que já foram previamente testados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Além disso, o Enem Digital será aplicado nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro, enquanto as provas impressas seguem previstas para 17 e 24 de janeiro. 

Apesar de as provas impressa e digital serem diferentes entre si, elas foram planejadas para apresentar o mesmo nível de dificuldade, o que garante as mesmas chances para todos os candidatos, explica presidente do Inep, Alexandre Lopes. "Quem faz a prova do Enem digital, concorre nas mesmas vagas do Enem impresso, que vai ocorrer na semana que vem. Então, é importante dizer que, para que eles tenham igualdade de condição na competição pelas vagas na universidade, a gente tem que garantir a comparabilidade entre as provas. E por isso, em relação à marcação dos itens, nós fizemos os estudos necessários, mas entendemos que precisamos estudar um pouco mais pra fazer a redação de forma digital."

Vale lemrar que a prova de redação do Enem Digital será escrita à mão, ppor isso os alunos que participarem da nova modalidade devem levar caneta esferográfica de tubo transparente da cor preta. Além disso, eles também receberão folhas de rascunho para fazer os cálculos e anotações sobre as questões das provas. Já as respostas definitivas terão que ser marcadas no computador.

Os locais onde as provas vão ser aplicadas também terão a presença de um técnico em informática, para o caso de algum computador apresentar problemas durante o exame. Em caso do problema não ser solucionado, o candidato vai poder participar da reaplicação da prova em papel.

O objetivo do Inep é que o exame seja cem por cento digital até 2026

Gostou? Compartilhe!