Filipe Sabará tem candidatura indeferida pela Justiça Eleitoral

Candidato à Prefeitura de São Paulo viu sua vice renunciar à candidatura no sábado

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) indeferiu a candidatura de Filipe Sabará à Prefeitura de São Paulo. Expulso do Partido Novo por inconsistências no currículo e na declaração de patrimônio, Sabará teve a candidatura indeferida após a Justiça acatar o pedido movido pelo partido.

O Novo apresentou um ofício para confirmar a renúncia da candidata à vice na chapa de Sabará, a economista Maria Helena. No mesmo documento, o partido informa que não vai indicar um novo candidato a vice, solicitando a exclusão da chapa do processo eleitoral.

"Embora ainda no período previsto para substituição de candidatos, o Diretório Municipal de São Paulo deliberou pela não substituição, com a consequente extinção dos pedidos de registro, em cumprimento a todas as normas de regência", diz um trecho do pedido movido pelo Novo.

Filipe Sabará se manifestou por meio de nota, o candidato afirmou que foi expulso do partido por "não aceitar ser obrigado a pensar" como João Amoedo e que não há inconsistências em seu currículo. "Cabe recurso novamente e estamos avaliando a melhor decisão a ser tomada pois sem a vice que escolhi as coisas mudam bastante de figura", afirmou Sabará (leia a íntegra da nota do candidato no fim da matéria).

Apesar do indeferimento da candidatura, a propaganda de Sabará no horário eleitoral gratuito foi ao ar normalmente no rádio.

Gostou? Compartilhe!